Polícia prende suspeitos de assalto a joalheria em João Pessoa

Um sargento da Polícia Militar que estava de folga conseguiu impedir a fuga dos três suspeitos de assaltar uma joalheria em um empresarial, no bairro de Manaíra, em João Pessoa. O grupo foi abordado pelo PM na praia de Jacarapé. O sargento Fábio Valério, responsável pela captura do grupo, tem 25 anos de atividade policial e integra o Grupamento de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar.

De acordo com o policial, ele estaria pedalando pelo local quando desconfiou de um carro parado com o motorista tentando ligar o veículo apressadamente. Após abordar o carro com os suspeitos, o sargento pediu reforços ao 5º Batalhão de Polícia Militar e encontrou o proprietário do veículo, que havia sido algemado e deixado na mata.

“A princípio fui oferecer ajuda, o veículo tinha o vidro fumê e não consegui ver quem estava dentro. Pelo para-brisas percebi que o passageiro estava armado, foi quando saquei a minha arma e mandei os três descerem com as mãos na cabeça e que não reagissem”, disse Valério.

Entre os três suspeitos detidos está um homem de 24 anos e dois adolescentes de 15. Os três são suspeitos de assaltar a joalheria de um empresarial, no bairro de Manaíra, na tarde desta quinta-feira (19). Durante o assalto o trio abordou um homem que estava entrando em um carro, no estacionamento de uma farmácia e o levaram como refém. Os policiais iniciaram as buscas por terra e também com apoio do helicóptero Acauã, quando foram informados que o sargento havia abordado o carro onde estava o grupo.

Investigação
Momentos após o assalto um jovem  foi morto com um tiro, na frente do empresarial. No local, a Polícia Militar não conseguiu confirmar se ele fazia parte do bando e acionou a Polícia Civil, que vai investigar de onde saiu e quem realizou o disparo que matou a vítima. Os suspeitos, as armas apreendidas e as jóias recuperadas foram levadas para a Central da Polícia Civil, no bairro do Varadouro.

assalto-joalheria

Da Redação do G1PB